Portal Paranormal
O Tempo
Últimos assuntos
» A caixa de Pandora
Qua Maio 28, 2014 9:59 pm por Seth

» Adivinhando o pensamento
Qua Maio 14, 2014 10:50 am por sofiagov

» O modelo helicoidal - nosso sistema solar é um vórtice
Dom Maio 11, 2014 3:07 pm por Seth

» A casa mais estranha de Portugal (em imagens)
Sex Maio 02, 2014 10:50 pm por Aninhas_hk

» Sr. Roubado - Odivelas
Qua Abr 30, 2014 10:06 pm por Seth

» O crime de François Bertillon
Sab Abr 19, 2014 5:46 am por Seth

» Somos grandes ?? Vamos comparar !!
Qui Abr 17, 2014 4:20 pm por Seth

» Mãe vendendo seus filhos..
Seg Abr 14, 2014 7:11 pm por Aninhas_hk

» Biblioteca para gigantes ?
Qua Abr 09, 2014 8:09 pm por Seth

» O Sol - Ciclo de vida de uma Estrela
Dom Abr 06, 2014 2:01 pm por Seth

» A última entrevista de Charlie Noonan
Ter Mar 25, 2014 7:35 pm por Seth

» O Pavão e o seu simbolismo
Ter Mar 25, 2014 3:07 pm por Seth

» As três Graças
Ter Mar 25, 2014 2:57 pm por Seth

» Complexo de Édipo ou a Tragédia Grega
Ter Mar 25, 2014 2:52 pm por Seth

» 9 factos que vão mexer com a sua noção de tempo
Seg Mar 24, 2014 3:03 pm por Seth

» O universo segundo a Mitologia Nórdica.
Dom Mar 23, 2014 11:37 pm por Seth

» Porta do inferno
Dom Mar 23, 2014 11:08 pm por Seth

» O som do Planeta
Qui Mar 20, 2014 10:26 pm por Seth

» Pan Gu
Ter Mar 18, 2014 10:36 pm por Seth

» Antiga cidade submersa é encontrada no Triângulo das Bermudas
Ter Mar 18, 2014 5:35 pm por Seth

» 6 visões sobre o núcleo da Terra: Religião vs Ciência
Ter Mar 18, 2014 5:22 pm por Seth

» 15 Curiosidades Sobre Religião
Ter Mar 18, 2014 5:12 pm por Seth

» O menino da fazenda de Hertfordshire
Qua Mar 12, 2014 4:07 pm por Seth

» O bebé de Queensland, Austrália
Qua Mar 12, 2014 4:03 pm por Seth

» O fantasma do castelo Raynham Hall
Qua Mar 12, 2014 4:01 pm por Seth

» Espiríto na "Toys ´R´ Us "
Qua Mar 12, 2014 3:54 pm por Seth

» O fantasma do banco de trás
Qua Mar 12, 2014 3:36 pm por Seth

» A escadaria de túlipa
Qua Mar 12, 2014 3:32 pm por Seth

» Imagem em Rotsand na Suiça
Seg Mar 10, 2014 6:39 am por Seth

» Hermes Trismegisto
Sab Mar 01, 2014 3:04 pm por Seth

PT Avisos
Fases da Lua
Visitantes
web counter free

Caronte

Ir em baixo

Caronte

Mensagem por Seth em Ter Dez 31, 2013 11:12 pm

Caronte é o barqueiro do Hades na Mitologia grega, e é responsável por conduzir as almas dos recém-mortos sobre as águas dos rios Estige e Aqueronte, que dividiam o mundo dos vivos do mundo dos mortos. Era filho de Nix, a Noite.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Caronte recebeu esta tarefa após ter tentado roubar a Caixa de Pandora. Surpreendido pelo próprio Zeus, ele foi mandado para o Érebo, onde deveria cumprir sua tarefa. No início, Caronte fazia a travessia junto com seu irmão gêmeo Corante.

Cada um utilizava um remo e cada um ficava com uma das moedas e, quando mandavam uma gorjeta a mais, os dois dividiam. Assim deveria ser por toda a eternidade.
Porém Corante começou a notar que as gorjetas estavam cada vez mais raras e, quando havia, eram valores muito menores que o costumeiro, e começou a duvidar de seu irmão.

Um dia descobriu que Caronte estava lhe roubando.
Pegava a gorjeta antes que ele viesse e desviava parte do faturamento para si. Por isso os dois brigaram selvagemente por 13 meses e um dia. Neste tempo, os mortos perambulavam pela terra, pois não havia quem os conduzisse para o outro Mundo.
No 365º dia, Caronte matou seu irmão afogando-o no rio.
Nesta hora o corpo de Corante se dissolveu e tingiu todo o rio de vermelho.

Segundo alguns autores, aqueles que não tinham condições de pagar a quantia, ou aqueles cujos corpos não haviam sido enterrados, tinham de vagar pelas margens por cem anos.
Nenhum vivo poderia atravessar pelo barco de Caronte, a não ser que carregasse um ramo de Acácia, árvore consagrada a Perséfone, deusa raptada por Hades para ser sua esposa.

Além dele, só Morfeu, Hécate, Hermes e Tânatos tinham livre acesso ao mundo subterrâneo e só alguns poucos mortais se arriscaram a atravessar como Héracles, Enéias e Orfeu.

Segundo o mitólogo Thomas Bulfinch, ele “recebia em seu barco pessoas de todas as espécies, heróis magnânimos, jovens e virgens, tão numerosos quanto às folhas do outono ou os bandos de ave que voam para o sul quando se aproxima o inverno.
Todos se aglomeravam querendo passar, ansiosos por chegarem à margem oposta, mas o severo barqueiro somente levava aqueles que escolhia, empurrando o restante para trás”.

Fonte: Net
avatar
Seth
Admin

Mensagens : 425
Data de inscrição : 15/11/2013
Localização : Cascais Lisboa

http://portalparanormal.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum